Notícias

Seja um associado:

Corpo de Bombeiros implanta o INFOSCIP em todo o Estado de Minas Gerais

A AMEI parabeniza o Corpo de Bombeiros pela conclusão, no dia 02/08/19,  da implementação do INFOSCIP para todo o Estado de Minas Gerais.

Para quem desconhece, o INFOSCIP é um sistema digital para análise de processos de segurança e de tramitação de todos os procedimentos do Corpo de Bombeiros, bem como a emissão do AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros), para as edificações, eventos e áreas de risco.

Pioneiro no Brasil o INFOSCIP surgiu em 2012 e sua 1a implantação foi em Belo Horizonte.

A Capital Mineira serviu de “laboratório” para o sistema se lapdar, mas logo em 2013 foi ampliado para a RMBH.

Também em 2013 o INFOSCIP passou por uma transformação profunda e o CBMMG lançou um plano de metas de melhorias e expansão, além das inúmeras consultas junto a sociedade e aos Engenheiros e Arquitetos.

Para os Profissionais, Engenheiros e Arquitetos, que viram esse sistema nascer, as diversas oficinas, workshops e seminários que o precederam, comparando em como o sistema se encontra hoje e com a sua expansão por todo o Estado, não têm como negar a imensa evolução do sistema e do esmero para se chegar ao nível em que se encontra. E também não negam que há “espaço” para evoluir mais ainda.

Não é a atoa que o INFOSCIP se tornou um sistema pioneiro em todo o Brasil. Na verdade em todo o Mundo, já que nunca houve um sistema similar, o que rendeu a Corporação Mineira 3 prêmios nacionais e o reconhecimento de diversas entidades internacionais.

O pioneirismo serviu de referência para outros Estados que atualmente estão implantando ou planejando a implantação de sistemas similares, como por exemplo: o Estado de São Paulo.

A Prefeitura de Belo Horizonte buscou um sistema de protocolos e aprovação de projetos arquitetônicos inspirado no INFOSCIP, para a regularização das edificações.

Outro ponto interessante: a conclusão da expansão era para 2021! Assim, percebe-se o quanto o esforço foi grandioso para Corpo de Bombeiros para cumprir antecipadamente essa meta, essencial para a sua funcionalidade.

Outro fato importante em relação ao INFOSCIP é a interligação do sistema com diversos órgãos, onde, o cruzamento de dados e informações agilizam diversos procedimentos, entre eles: JUCEMG, CREA, CAU e o Minas Fácil.

Com o INFOSCIP abrangendo todo o Estado de Minas Gerais, os ganhos são inúmeros e citamos alguns:

– Agilidade nos processos e procedimentos

– Economia aos cidadãos, usuários e Profissionais no deslocamento físico as Unidades

– Etapas totalmente informatizadas

– Desburocratização

– Segurança nos processos

– Marcas de validação e de autenticidade de documentos via QR code

– Efetivo de Militares mais justo

– Redução de espaço físico para arquivamento de projetos e documentos

Dentre as metas o Corpo de Bombeiros, uma das mais ousadas é a migração de projetos físicos (em papel), para o digital até 2022, o que não é uma tarefa fácil quando se fala em nível estadual.

Mas pelo empenho com que a Corporação demonstrou com o INFOSCIP e com uma outra ferramenta digital, a de “cadastro de atividades auxiliares”, a AMEI acredita que meta será conquistada com êxito.

A AMEI acredita na evolução cada vez maior do INFOSCIP e parabeniza cada Militar que desenvolveu essa ferramenta desde a sua idealização, passando pela sua construção e depois por cada teste, implemento, sugestão, acréscimo e lapidação, desde o Setor de Gestão, Unidades de Prevenção e Vistoria, DAT, CAT, Auditoria, Help Desk e Comando Geral, por Analistas, Vistoriadores, Arquivistas, Atendentes, cada um desses homens e mulheres que nos faz ter orgulho do nosso Corpo de Bombeiros de Minas Gerais.

Parabéns pelo sucesso!

Para maiores informações, consulte: http://www.bombeiros.mg.gov.br/component/content/article/32-embm/76043-cbmmg-infoscipemtodoestado.html

Copyright © 2018 Todos os direitos reservados